1. Síntese de Heterociclicos Nitrogenados 

O objetivo desta linha de pesquisa é desenvolvimento de metodologias para a sintese de compostos ciclicos nitrogenados utilizando a reação de adição de nucleófilos de carbono a intermediários íons N-acil iminios e piridinios.

2.Transesterificação de Óleos Vegetais

O objetivo desta linha de pesquisa é investigar e desenvolver novas metodologias para a sintese de esteres etilicos e metilicos derivados de diferentes oleaginosas produzidas regionalmente e de microalgas. Os esteres estão sendo sintetizados em escala de bancada a partir da reação de transesterificação e esterificação de matérias-primas graxas na presença de diferentes catalisadores.
3.Síntese de Compostos Graxos Nitrogenados Biologicamente Ativos

O objetivo desta linha de pesquisa é a síntese de derivados graxos nitrogenados visando à aplicação farmacológica destes através de testes biológicos, antituberculose e antitumorais. Dentro deste contexto, já foram desenvolvidas duas dissertações de mestrado que tiveram como objetivo sintetizar novas amidas graxas. Nestes trabalhos foram sintetizados uma série de amidas graxas, derivadas de ácidos graxos comerciais e do óleo de mamona, variando o número de carbonos, o grau de insaturação e grupos funcionais da cadeia graxa e a natureza dos grupos substituintes ligados ao átomo de nitrogênio. Os compostos sintetizados foram testados frente às cepas de Mycobacterium tuberculosis H37Rv (ATCC 27294), M. tuberculosis resistente a rifampicina (ATCC 35338) e M. tuberculosis resistente a isoniazida (ATCC 35822) e apresentaram, de maneira geral pronunciado efeito. Entre estes, a ricinoleilpirrolidilamida, derivada do ácido ricinoleico e da pirrolidina, demonstrou a melhor atividade para as três linhagens testadas, apresentando Concentração Mínima Inibitória (CMI) semelhante aos principais fármacos, etambutol, pirazinamida e ofloxacina, utilizados contra a tuberculose. De acordo com estes resultados estamos também desenvolvendo no grupo pesquisas relacionadas à modificação estrutural de fármacos, como por exemplo, a Isoniazida, o principal fármaco utilizado hoje contra o tratamento da tuberculose.

4. Sintese de Dihidropirimidinonas Graxas

O objetivo desta linha de pesquisa é a sintese de dihidropirimidinonas e dihidropirimidinonas graxas, compostos de Biginelli. Os compostos estão sendo sintetizados a partir da reação multicomponente de Biginelli utilizando ureias, acetoacetato e aldeídos e derivados de ácidos graxos. A acilação com cadeias graxas do átomo de N das dihidropirimidinonas também está sendo investigada.

5.Produção de Biodiesel de Microalgas

O objetivo desta linha de pesquisa é a produção e caracterização de biodiesel de microalgas. Dentro deste contexto, estão sendo determinadas a composição quimica da fração graxa, lipidica, de microalgas estuarinas e a modificação genética destas. Após a fração lipidica é esterificada ou transesterificada para posterior certificação do biodiesel. O processo in situ também está sendo investigado. As microalgas estão sendo cultivadas em escala de laboratório e piloto em parceria com o Laboratório de Ecologia do Fitoplâncton e de Microorganismos Marinhos da FURG e estação de Maricultura (EMA-FURG). Halofitas, salicórnias, também estão sendo investigadas para produção de ésteres etílicos e metílicos. O projeto conta com financiamento da Petrobras/CENPES e do CNPq.

6. Produção de Derivados Oleoquimicos de Interesse Tecnológico

O objetivo desta linha de pesquisa é desenvolver metodologias para produzir derivados graxos nitrogenados com interesse tecnológico. Dentro deste contexto, estão sendo produzidos amidas, aminoácidos e uréias graxas através da acilação do átomo de N com diferentes cadeias graxas para posterior aplicação como aditivos e como agentes geleificantes de solventes orgânicos, combustíveis e petróleo.

7. Produção de Biodiesel em Escala Piloto - Projeto BIOSUL

O objetivo desta linha de pesquisa é produzir Biodiesel etílico visando o scaling up e a otimização do processo desenvolvido em escala de bancada. Dentro deste contexto, em planta piloto de 0,5 toneladas está sendo produzido biodiesel etílico derivado de óleo de mamona e blendas de oleaginosas utilizando um novo processo desenvolvido no grupo de pesquisa, que realiza a neutralização in situ do catalisador e dos sabões formados para aperfeiçoar a separação do biodiesel de mamona da glicerina. O óleo de mamona foi produzido por um grupo de pequenos agricultores do município de Rio Grande. A produção de biodiesel usando blendas de mamona com outras oleaginosas também está em andamento. O projeto contou com financiamento da MCT/FINEP e com a colaboração da UFPel, Embrapa/CPACT, ACQ e Prefeitura Municipal do Rio Grande. Atualmente conta com financiamento da FAPERGS através do PROGRAMA DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO-TECNOLÓGICO REGIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL – PROCOREDES VI – PROCESSO DE PARTICIPAÇÃO POPULAR.